Produção de mudas nativas 2017-09-26T19:09:10+00:00

Project Description

Produção de mudas nativas

A recomposição de florestas nativas tem sido uma das principais prioridades da política do meio ambiente no país, com isso está crescendo muito a demanda por mudas nativas para restauração florestal.

Fases da produção

Colheita: A seleção de matrizes para a colheita das sementes representa uma das etapas fundamentais no processo de produção de mudas de alta qualidade.

Beneficiamento: O manejo dos frutos e sementes entre a colheita e a produção das mudas compreende etapas de extrema importância que consiste na extração das sementes dos frutos, secagem e separação das sementes para eliminação de impurezas.

Armazenamento: O armazenamento deve propiciar condições ambientais adequadas para os diferentes tipos de sementes.

Semeadura: Este processo consiste na distribuição das sementes sobre o substrato, enterrando ou depositando-as na superfície do solo, dependendo das exigências de cada espécie quanto a presença ou ausência de luz para germinação, oferecendo as melhores condições possíveis para a obtenção de uma boa taxa de germinação. A semeadura pode ser feita diretamente em um recipiente ou em canteiros e sementeiras (semeadura indireta).

Plantio: O processo de transplantação das mudas dos canteiros e sementeiras para as embalagens definitivas, denomina-se repicagem. Esta atividade tem o propósito de tornar o lote homogêneo e é complementar a semeadura indireta.

O trabalho desenvolvido em um viveiro começa com a colheita das sementes e termina com o plantio das mudas no campo.